Imóveis para idosos: como escolher o ideal?

BLOG3_IMOVEIS_PARA_iDOSOS

A população brasileira está envelhecendo com mais qualidade de vida, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). De acordo com a pesquisa realizada em 2013, o Brasil registrou, aproximadamente, 202 milhões de habitantes, sendo 7% idosos de 65 anos ou mais.

Estima-se que, em 2060, 27% da população brasileira será composta por idosos. Delimitando ao Paraná, a pesquisa supõe que, em 2028, a expectativa de vida será de 80 anos, saltando de 7,92% para 15,13%.

Pensando nisso, qual é o tipo de imóvel ideal para idosos?
A gerontóloga Suyen Miranda ajuda a gente a entender melhor esse cenário. “Embora a preferência por apartamentos seja maciça, há pessoas que viveram por quase toda (ou toda) a vida em casas e não se habituam a apartamentos sobretudo por conta de elevador”, explica Miranda.

O custo do condomínio em edifícios também tende a não ajudar nesses casos. “Casas térreas tem grande procura por idosos; unem privacidade e segurança, tendo ainda mais espaço e a sensação de liberdade”, afirma.

Comprar ou alugar?
Segundo a especialista, é forte a cultura da compra do imóvel para adquirir a casa própria.

E não só idosos preferem comprar por se sentirem menos inseguros quanto ao rumo da economia e sobretudo da aposentadoria. Há pessoas que têm menor preocupação quanto a isso, que têm imóveis em sua carteira de investimentos ou como fonte de renda e gostam da liberdade e flexibilidade do imóvel alugado”, conta Miranda.

Exigências que o imóvel precisa atender
Além das considerações acima, Miranda explica que todo imóvel novo precisa atender aos requisitos das Normas Brasileiras (NBR) relativas à Construção Civil não só para idosos como para qualquer pessoas com deficiência temporária ou duradoura, gestantes e crianças.

“Ao procurar um imóvel para residir, não só idosos como todas as pessoas devem verificar detalhadamente as condições de segurança e acessibilidade – uma escada em caracol não é acessível nem segura, bem como pisos escorregadios, entre diversos outros exemplos”, afirma a especialista.

Há exigências diferentes na compra ou locação do imóvel dependendo da faixa etária?
Miranda certifica que, pela nossa Constituição Federal e pelo Estatuto do Idoso, não há diferenças enquanto exigências para faixas etárias. Dessa forma, não se fere o sentido de igualdade.

Para compra de imóveis financiados há uma barreira de faixa etária nos programas governamentais, algo que deverá ser discutido futuramente com o advento da maior longevidade de idosos. Esta barreira também se verifica nos concursos públicos e nas aposentadorias compulsórias do funcionalismo nas três esferas de poder (75 anos)”, alega Miranda.

Diferenciais importantes para escolher o imóvel ideal para idosos
Partindo dessas informações, precisamos pensar cada vez mais na adaptação das moradias para essa faixa etária. Na hora de escolher um imóvel ideal para idosos, veja algumas dicas importantes do que levar em consideração!

  • portas largas para a passagem de cadeiras de rodas, andadores, etc;
  • banheiros com barras de apoio;
  • ambientes com espaço, sem obstáculos, para facilitar a locomoção;
  • calçadas com rampas para garantir acessibilidade a cadeirantes;
  • sinalizadores de campainhas para pessoas com deficiência auditiva;
  • sinalizadores no chão para pessoas com deficiência visual;

Como encontrar o imóvel ideal?
Entre no nosso site e envie as suas especificações pra gente! Nós ajudaremos você a encontrar o melhor imóvel.

Publicado em Cuidados com o imóvel, Mercado Imobiliário | Com a tag , | Deixar um comentário

Praças de Curitiba para você aproveitar nos finais de semana

BLOG2_PRACAS

A gente sabe que os dias de sol são raros na capital paranaense, mas, quando aparecem, pedem pra gente sair de casa para aproveitar. Por isso, nós reunimos as praças de Curitiba mais famosas e em quais bairros se encontram para você conhecer e ir aproveitar um bom final de semana. Veja abaixo!

Praça do Japão
Localizada no Água Verde, foi inaugurada em 1962. Esse pequeno pedaço do Oriente é um lugar calmo e aconchegante, com uma vasta área verde e um belo lago para você admirar.

Praça Tiradentes
Considerada a mais antiga de Curitiba, está localizada no Centro da cidade. Nela, estão guardados, sob um piso de vidro, calçamentos arqueológicos do século XIX que foram descobertos em 2008. Vale a pena fazer uma visita!

Praça da Espanha
Homenageando os colonizadores espanhóis, a Praça da Espanha se encontra no Batel, em uma área rodeada por comércio, bares, restaurantes, baladas e avenidas movimentadas da capital.

Praça 19 de Dezembro
Também conhecida como a “Praça do Homem Nu” devido uma grande escultura de um homem nu ser destaque no local ao lado de uma mulher nua. Está localizada no Centro da cidade, ao lado do Shopping Mueller.

Praça 29 de Março
É o cantinho verde do bairro Mercês, sendo uma das praças mais amplas, com playground e obras de artistas renomados, além de ser palco da Feira Gastronômica do Batel.

Praça Brigadeiro Mário Eppinghauss
Com campo de futebol e quadra de basquete, a praça está localizada no Juvevê e é bem movimentada nos finais de semana, com familiares que aproveitam um bom passeio ao ar livre junto com amigos e animais de estimação. Sem contar no módulo policial presente na praça, garantindo ainda mais segurança.

Que tal morar perto de uma destas praças?
Entre no nosso site e veja os imóveis disponíveis em cada região!

Publicado em Curitiba | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário

Bairros de Curitiba com aluguel mais baixo

BLOG1_ALUGUEL_BAIXO

Além dos melhores bairros para morar em Curitiba, que são, geralmente, os de maior custo na capital paranaense, há outras opções de bairros bons e tranquilos para você pesquisar por imóveis para comprar ou alugar, sem gastar horrores em aluguel.

São bairros vizinhos das regiões mais procuradas e movimentadas da cidade, mas que oferecem as mesmas praticidades para a sua rotina, como, por exemplo, facilidade em pegar ônibus, estar próximo do comércio, de escolas e do centro da capital. Veja abaixo!

Vila Izabel ou Rebouças
São bairros vizinhos do Água Verde, que são mais residenciais, porém contam com áreas comerciais ao redor por serem regiões próximas ao centro.

Bigorrilho ou Seminário
Ficam ao lado do Batel e são regiões coladas ao Centro da capital. Nelas, o transporte público, o comércio, escolas e hospitais são superacessíveis.

Ahú ou Boa Vista
Enquanto o valor dos imóveis no Cabral são elevados, nos bairros vizinhos, como Ahú e Boa Vista, o preço de apartamentos e casas já diminuem consideravelmente para quem gosta de uma região mais tranquila.

Alto da XV ou Tarumã
Regiões vizinhas ao Cristo Rei, ambas contam com facilidade na aderência do transporte público, além de contarem com várias opções comerciais e gastronômicas por perto.

Alto da Glória ou Hugo Langue
Ficam ao lado do Juvevê, dividindo comércio, escolas e pontos e terminais de ônibus que facilitam bastante o deslocamento no dia a dia. São regiões residenciais, mas que tem uma movimentação considerável por serem próximas de ruas com bares e restaurantes.

São Braz ou Vista Alegre
Santa Felicidade é uma área tranquila e sofisticada, mas com imóveis de alto custo. Se você deseja uma região parecida, mas com um preço menor, os bairros São Braz e Vista Alegre são boas opções para você dar uma olhadinha.

Veja algumas opções de imóveis
Aproveite para entrar no nosso site e conferir opções de casas e apartamentos disponíveis em algumas das regiões sugeridas aqui!

Publicado em Curitiba | Com a tag , , , | Deixar um comentário

Catedral de São Basílio é destaque da arquitetura russa

arquitetura-russia

O maior evento de futebol do mundo está acontecendo na Rússia e os olhos estão voltados para o maior país do globo terrestre. Apesar de não estar entre os destinos mais procurados entre os turistas, a Rússia tem muitas particularidades interessantes. Uma delas é a Catedral de São Basílio, uma das construções arquitetônicas mais famosas do país.

Localizada na Praça Vermelha, em Moscou, capital do país, a catedral foi construída na metade do século XVI, enquanto o país estava sob o comando de Ivan, o Terrível. A construção foi edificada no centro geométrico de Moscou na época, e foi, por muitos anos, o edifício mais alto da capital russa.

A igreja ortodoxa fez parte de uma libertação da arquitetura eclesiástica dos modelos de construção do período bizantino. Nessa época, passou-se a considerar o “gosto popular”, e as igrejas passaram a ter torres espiraladas no lugar das cúpulas bizantinas.

A Catedral de São Basílio tem estilo medieval russo e conta com cinco cúpulas, sendo uma principal e quatro periféricas que, juntas, constituem o formato de cruz. A disposição das torres também representa uma fogueira subindo ao céu.

Apesar da fama e da excentricidade, o projeto não tem semelhantes, nem mesmo no país. As cores e formatos se destacam na paisagem, ainda mais quando associadas à uma catedral. O país da Copa 2018 tem muito a oferecer aos visitantes, começando pela arquitetura diferenciada.

A arquitetura brasileira também teve muitas influências e se constitui de diferentes estilos. No quesito imóveis residenciais, Curitiba e região têm várias vertentes e modelos de casas e apartamentos. No site da Kondor você encontra dezenas de imóveis com projetos incríveis para comprar ou alugar. Acesse e escolha o estilo que mais te agrada!

Publicado em Notícias, Viagem | Com a tag , | Deixar um comentário

O que você precisa saber antes de “morar junto”

morar-junto

Decidir morar junto é um grande passo em um relacionamento. Não é apenas a proximidade que muda: novas responsabilidades aparecem e é preciso adaptar alguns hábitos do cotidiano para que tudo dê certo e a escolha alcance sucesso. Quando se mora com os pais antes da decisão, a adaptação pode ser ainda mais complexa.

Pensando nisso, listamos algumas situações que merecem atenção e podem salvar o relacionamento de crises por falta desse tipo de conhecimento. Confira:

Contas e despesas
Quando se decide alugar ou comprar um imóvel para morar junto com seu namorado (a), é importante considerar os gostos das duas pessoas envolvidas no relacionamento. Além disso, vale lembrar que as contas e despesas da casa devem ser organizadas e divididas de forma justa.

Uma ideia é cada um ficar responsável pelo pagamento de um tipo de conta, para ter um controle maior. Caso alguém esteja desempregado ou passando por dificuldades financeiras, uma boa conversa para combinar como será realizada a divisão é sempre bem-vinda.

Tarefas da casa
O mesmo vale para as tarefas da casa. Lavar a louça, o banheiro, a roupa, limpar o chão, o quintal, organizar a bagunça do dia a dia. Essas são tarefas comuns em qualquer lar. E para que ninguém fique sobrecarregado ou que as tarefas não sejam realizadas, é interessante definir o que cada um é responsável por fazer.

Claro que não se trata de um “emprego” ou uma “obrigação” inflexível. Então, novamente, conversar a respeito e praticar a cooperação mútua é imprescindível para a boa convivência. Nesse sentido, também é válido considerar pagar por ajuda, como de diaristas.

Espaço alheio
Por mais que se esteja morando na mesma casa ou apartamento, é importante que o casal respeite o espaço um do outro, pois às vezes é necessário ter momentos de sossego, sozinhos. Não significa que você já está enjoado da companhia da outra pessoa, é apenas uma necessidade para pensar e até mesmo descansar.

Por isso, na hora de comprar ou alugar apartamento ou casa para dividir, pense em tamanhos e disposições de ambientes que acomodem duas pessoas com conforto. Lugares muito pequenos podem causar a sensação de aperto e incômodo para o casal.

Está pronto para dar esse passo à frente?
Se sim, procure um imóvel que seja compatível com a realidade de ambos. Na Kondor você encontra várias opções de imóveis para venda e locação, em vários bairros de Curitiba e região metropolitana, atendendo a diferentes perfis e condições financeiras.

Publicado em Dicas para a casa, Imóveis da Kondor | Com a tag , , , , | Deixar um comentário

As vantagens do bairro Jardim Botânico em Curitiba

jardim-botanico

Se está pensando em mudar de bairro ou está se mudando agora para Curitiba, considere conhecer os pontos fortes de cada bairro para saber qual mais atende às suas necessidades e valores. Separamos algumas vantagens sobre o bairro Jardim Botânico, que abriga muito mais que o ponto turístico mais famoso da capital paranaense.

Localização e características
O bairro Jardim Botânico está próximo ao centro de Curitiba, iniciando-se nos arredores da rodoferroviária, a rodoviária da cidade, chegando até um do campus da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

O bairro tem características residenciais, mas, além da rodoviária, do Jardim Botânico e da UFPR, ainda faz divisa com o campus central da PUC-PR e os hospitais Cajuru e Erasto Gaertner.

Por conta disso, o bairro Jardim Botânico é uma ótima opção para universitários ou pessoas que precisam morar próximos às universidades e hospitais. Bem abastecido por farmácias e mercados, o bairro oferece bastante comodidade aos moradores.

Mais vantagens
O bairro também conta com várias vias rápidas, que agilizam o trânsito na região e o deslocamento para outras localidades da cidade. Além de ser cortado pela avenida Prefeito Omar Sabbag, o bairro ainda possibilita fácil acesso à avenida Comendador Franco, Linha Verde (BR-476), avenida Presidente Affonso Camargo e avenida Sete de Setembro, uma das principais de Curitiba.

Se ficou interessado no bairro Jardim Botânico, confira nossa seleção de imóveis disponíveis nesta localidade aqui para compra e locação.

Publicado em Curitiba, Imóveis da Kondor | Com a tag , , , , , , , , | Deixar um comentário

Itens de segurança importantes para sua casa

itens-segurancaCasas tendem a ser mais espaçosas que apartamentos. A possibilidade de quintais e jardins são grandes atrativos desses tipos de imóveis. Mas, na hora de comprar a casa própria, é preciso considerar a segurança do imóvel.

Os apartamentos sempre têm a segurança do condomínio, além de estarem a considerável distância do chão. Por isso, separamos itens de segurança que podem ajudar a manter a sua casa própria mais protegida e seu lar ainda mais acolhedor. Confira:

Sensores e alarmes
O bom e velho truque sonoro praticamente não falha. A instalação de sensores com alarmes é de grande eficácia para a segurança dos ambientes. Além do barulho, as centrais de segurança estão 24h atentas às atividades incomuns. Se o seu alarme dispara, a central é acionada e imediatamente entram em contato para saber o que pode estar acontecendo.

Esse tipo de dispositivo é aconselhável para casas próprias que ficam longos períodos fechadas e sem moradores, como casas de temporada ou em caso de viagens. Isso porque os sensores são ativados por qualquer tipo de movimentação, humana ou não.

Câmeras de monitoramento
Outras grandes aliadas da segurança residencial são as câmeras de monitoramento. Com elas, os moradores podem ter acesso a todos os cômodos da casa, inclusive quintais e portões. As câmeras atuais têm boa qualidade de imagens, podendo ajudar na identificação da entrada de pessoas, por exemplo.

Além da transmissão de imagens em tempo real, as câmeras de monitoramento podem estar conectadas a uma central de captura, que armazena as imagens, caso precisem ser consultadas mais tarde. O ideal é que esteja atrelada aos sensores e alarmes, para serem ainda mais eficiente em caso de casas fechadas.

Portões eletrônicos
Para intensificar ainda mais a segurança da casa própria instale portões eletrônicos. Eles agilizam as entradas e saídas, tanto na garagem quanto no acesso individual. Além disso, têm travas mais complexas que os cadeados dos portões convencionais.

Cercas elétricas
Instaladas nos muros e telhados, as cercas elétricas são sensíveis ao toque, dando pequenos choques em quem encostar nos fios. Esse é um dos mecanismos que esse item oferece. No entanto, além de deixar os invasores com medo do choque, sua casa própria também estará segura por conta da integração com o sistema de alarme. quando há contato com os fios, a cerca aciona o alarme, que dispara, indicando invasão no local.

Fique atento as portas e janelas
Muitas são as formas de proteger mais sua casa própria. Além das dicas acima, esteja sempre atento às trancas de portas e janelas e ao fechamento completo dos portões. Quando for viajar, não detalhe sobre datas com muitas pessoas. Isso pode ser associado à ausência de movimentação em casa e servir como atrativo para pessoas mal intencionadas.

Casas em condomínios também podem proporcionar mais segurança. A Kondor tem vários tipos de imóveis disponíveis para compra caso você esteja procurando pela sua casa própria.

Publicado em Cuidados com o imóvel, Dicas para a casa, Imóveis da Kondor, Imóvel valorizado | Com a tag , , , , , , , , | Deixar um comentário

Cuidados com cachorro em casa

cachorro-em-casa

Ter um cachorro em casa é algo bem comum e ajuda a movimentar o lar. Os bichinhos são mais comuns em casas e sobrados, mas até mesmo apartamentos e kitnets já comportam esses animais. No entanto, alguns cuidados devem ser considerados caso você esteja se mudando ou considerando arranjar um amigo de 4 patas. Separamos alguns dos principais cuidados que se deve ter com cachorro em casa.

Espaço
Acreditamos que o primeiro ponto a ser considerado nessa situação seja o espaço. Animais desse tipo precisam de espaço para brincarem e gastarem energia. Apartamentos muito pequenos podem ser um problema, assim como quintais compactos, já que os bichinhos tendem a ficar estressados e até mesmo doentes caso o espaço não seja suficiente.

A escolha do porte conta muito nessa hora. Não é recomendável ter animais de médio e grande porte apartamentos ou casas com pouco quintal. Prefira animais de porte pequeno para que o proporcional de espaço seja maior.

Higiene
A higiene do seu animalzinho é indispensável e muito influencia na saúde dele. Além da tosa, no caso daqueles de pelo longo, o banho deve ter periodicidade e é preciso ter muito cuidado com a limpeza dos excrementos do animal.

Quando se mora em casa com quintal, esse tipo de cuidado é mais fácil. Mas no caso de apartamentos, a atenção deve ser redobrada, já que o espaço é menor e não existe “fora”. Se a higiene não for uma das preocupações, você pode ter problemas com cheiros.

Normas do condomínio
Se você tem interesse em alugar um apartamento ou até mesmo comprar, e já tem um pet ou pretende ter em breve, atente-se às normas do condomínio. Há casos em que não são permitidos animais no prédio, de qualquer porte. Em outros, acontece dos animais terem espaços exclusivos ou não serem permitidos em determinadas áreas do condomínio.

Conhecer essas regras é imprescindível caso você tenha um cachorro, já que pode render multas e, até mesmo, expulsão do imóvel. Confira, ainda, se o condomínio tem espaço pet ou lugares para passear com o seu bichinho, sem que você precise sair na rua para andar com ele ao ar livre.

Um cachorro é uma responsabilidade
Caso tenha em mente adotar algum, saiba das suas limitações e possibilidades, já que ele merece atenção e cuidados específicos. Se estiver procurando um imóvel que seja mais confortável para o seu pet, confira no site da Kondor as várias opções de imóveis amplos para compra e locação que podem aconchegar você e o seu pet.

Publicado em Cuidados com o imóvel, Dicas para a casa | Deixar um comentário

Como fazer um jardim particular

jardim-particular

O conceito de florestas urbanas é uma tendência de decoração há algum tempo. O contato e a interação com a natureza voltaram a “estar na moda”. E isso não limita-se aos jardins tradicionais. Jardins suspensos ou jardins verticais possibilitaram essa tendência nos apartamentos e casas compactas, bem como jardins pequenos e, muitas vezes, internos.

Aqui, vamos dar algumas dicas sobre como fazer um jardim particular, seja em amplos terrenos ou em apartamentos compactos. Confira as opções e veja qual é o mais apropriado para a sua casa.

Jardim convencional

jardim-convencional

Se você mora em uma casa em um terreno grande, com quintal amplo, uma ótima opção é fazer o “jardim tradicional”, aqueles em que as plantas são plantadas diretamente na terra, ficando fixas. Nesse caso, você pode reservar uma parte do quintal para organizar algumas folhagens e flores.

Se tiver esse espaço com terra na área frontal do imóvel, as plantas vão ajudar a decorar a fachada da casa. Tratando-se de um jardim externo, é interessante que as plantas escolhidas simpatizem com a quantidade de sol que incidirá sobre elas.

Lembre-se de escolher plantas que “combinem” entre si. Tanto no tipo de cuidados e necessidades quanto esteticamente, já que estando plantadas diretamente no solo, o remanejamento é mais complexo.

Para ficar mais fácil de prever, desenhe a organização das plantas em um papel, antes de realmente plantá-las. A ajuda de alguém que entende pode ser muito útil, então, converse sobre suas ideias com os funcionários do viveiro de plantas, eles poderão dar dicas importantes.

Jardim vertical ou suspenso

jardim-vertical

Os jardins verticais ou suspensos, como também são conhecidos, são opções de jardins internos, ou seja, aqueles que ficam dentro de casa. Se o seu problema é falta de quintal com terra ou morar em apartamento/casa pequena, esse tipo de jardim tornou possível o cultivo de plantas.

Prateleiras, vasos suspensos, estantes, pêndulos. Várias são as opções para fazer um jardim vertical. Por isso, escolha um canto ou uma parede, tire as medidas do espaço que você tem e procure por móveis que caibam ali.

Na hora de escolher as plantas, dê preferência por aquelas que não carecem de muita luz solar, já que esse tipo de jardim tende a receber menos ou nenhuma luz solar direta. Lembre-se que isso fará parte da decoração da sua casa ou apartamento e será algo bem visível.

Por isso, escolha com cuidado as plantas para que fiquem harmoniosas entre si e com o restante do ambiente. Se você tem pets como gatos ou cachorros, o melhor é deixar as plantas em um lugar alto e fora do alcance deles. Além de uma possível destruição do jardim, eles podem comer plantas que podem ser tóxicas para ingestão dos animais. Suculentas são bem resistentes e se dão bem integrando esse tipo de jardim.

Mini jardim

mini-jardim

Os mini jardins são perfeitos para pessoas com pouco tempo para cuidar das plantas e pouco espaço dentro de casa. A forma mais simples de definir os mini jardins é: jardins em vasos. Isso mesmo. Não apenas uma planta e, sim, várias delas organizadas como um mini jardim em um único vaso. As plantas mais indicadas, nesse caso, são as menores, como cactos e suculentas. Aqui você encontra dicas sobre o cultivo desse tipo de planta.

Uma ótima opção de suporte para fazer os mini jardins são os aquários. por serem de vidro transparente, mostram toda a beleza e delicadeza desse tipo de ornamento. Nesse caso, lembre-se de colocar pedrinhas no fundo, para melhor retenção de umidade.

Não se esqueça de escolher por plantas que precisem das mesmas condições de solo, água e cuidados, já que elas ficarão no mesmo recipiente. Os mini jardins podem ser colocados sobre mesas, criados e até mesmo pias.

Plantas são seres vivos e necessitam de cuidado constante
Umas mais, outras menos, mas é sempre importante saber que elas passar a ser um tipo de responsabilidade na casa. Dar água conforme necessidade, colocar areia nos pratinhos e fazer podas são cuidados básicos. Além de ornamentar a casa e contribuir com a decoração, as plantas filtram o ar, tornando o ambiente mais saudável.

Publicado em Dicas para a casa, Faça você mesmo, Imóvel valorizado | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário

Vantagens de morar no centro de Curitiba

centro-curitiba

Já falamos muito sobre a importância de considerar as características do bairro na hora de escolher um imóvel para comprar ou alugar. Isso vale para qualquer cidade. Então viemos trazer as vantagens de morar no centro de Curitiba para você decidir se a região atende ao que você procura e precisa para a sua vida.

Para começar, o centro é uma região de grande movimentação, principalmente diurna. E isso é uma realidade em qualquer cidade. O comércio atrai pessoas todos os dias durante o funcionamento, por isso, se você prioriza por silêncio e ruas calmas, o centro não é a opção mais adequada para você. O trânsito nessas áreas também tende a ser mais intenso. No caso de Curitiba, apesar do volume, a região central tem a chamada “área calma”. Na parte do território em que essa ideia é válida, os veículos devem trafegar em velocidade máxima de 40 km/h. O objetivo é diminuir a quantidade e gravidade dos acidentes, já que os fluxos de veículos e pessoas é mais intenso. Assim, o perigo é menor.

Por outro lado, temos as vias rápidas, que permitem velocidades superiores e podem te levar para vários pontos da cidade com mais agilidade e rapidez. Quem mora no centro, tem fácil acesso a praticamente todas essas vias e consegue se locomover facilmente para qualquer bairro de Curitiba. Mesmo que você mude de trabalho, por exemplo, e o novo emprego seja em sentido oposto ao anterior, se morar no centro, estará sempre no “meio do caminho” para qualquer região da cidade.

A proximidade com o comércio também é uma das vantagens. Afinal, morando no centro da cidade você está perto dos principais estabelecimentos e não depende de carro ou transporte público para chegar até a maioria deles, o que economiza tempo e combustível. Lojas, bancos, lotéricas, farmácias, mercados, tudo isso mais perto e mais acessível.

Aliás, uma das principais vantagens de se morar no centro de Curitiba é que carros e ônibus tornam-se, praticamente, dispensáveis para realizar as tarefas do dia a dia. A maioria dos lugares que precisará ir, provavelmente estarão em um raio em que é possível, e mais rápido e prático, ir a pé. Além de economizar na passagem, combustível e manutenção do carro, você ainda faz pequenas caminhadas, favorecendo a sua saúde.

O centro de Curitiba tem muitas vantagens, não só para moradores. Regiões históricas, cheias de cultura e encanto, podem ser admiradas por quem mora ou passar por ali. Não deixe de conhecê-las.

Se você se interessou pelo centro e acredita que a região possa atender às suas necessidades e desejos, entre aqui e confira vários imóveis à venda e para locação disponíveis no site da Kondor. Qualquer dúvida ou interesse, nossa equipe está sempre à disposição.

Publicado em Notícias | Deixar um comentário